Defato (Letra) – Duzz

41

LETRA DA MUSICA
Defato (Letra) – Duzz

eu cresci querendo ser aquilo que eu não queria
e me tornei o que eu quis pra pagar o que eu gostaria

conversei com um pássaro que me contou segredos
dispensei então passaram dias, resultam medos

zelos, selos, meus dedos em seus cabelos
vi nós dois pelo saara viajando em dois camelos

minha febre não cura nem com água quente
minha sede não passa nem com água’rdente

minha paciência é curta e eu sou um aguardante
linha de essência pura eu fui um péssimo estudante

minha terra que é tão fértil dando vida à corpos fúteis
meus irmãos que são tão úteis, mortos por porcos inúteis

vi um garoto correndo, imaginei a bola
era um garoto correndo com uma sacola
eu vi o cop tirando sua esmola

tirou sua esperança a tapas, conheceu a cola
bem antes da escola..

sentado na calçada, eu vi o demônio eu seu semblante
sem blunt, sem punch, sem garantia

a fé que o garantia já não existia
a fé que te mantinha não mais resistia

minha cabeça dói e eu não conto mentira
canto insônias, meus defeitos, futilidades, minha ira

aqui falo de alcool, digo pra tu não beber
aqui falo de sexo, digo pra tu não seder
aqui falo que não, mas se quiser vamo beber
aqui falo que não, mas se quiser vamo foder
não falo de revolução pois é mais que um fora temer
falo de educação pois é o que faz a escória tremer

falo de respeito, pra vagabundo estremecer
pro ce vê, punchline sobra na falta de proceder

rhyme tá sobrando, falta grana pro CD
sobra gana de vencer, vencer dor..

vencedor eu vim ser…

felicito estar vivo, melhor ainda é viver
felicito ser, mas ser melhor é melhor do que só ser

por isso meu eu amanhã será melhor que o eu de hoje
pra que o eu de ontem seja sempre um protótipo

difícil é enxergar o meu suór derramado
perdeu visão pro ego, cego, criando estereótipo

Constante briga com esses paradigmas
Danna ligou e agora eu tiro pira nesses enigmas

olho aos redores e vejo pessoas malignas
mas ligue nas emissoras, e verá piores

entrei no rap cedo e até hoje não aprendi
acho que faltam referências pra vocês fingir

que entenderam algo que eu falei,
sendo que cês não entenderam nem metade disso aqui

tá chei de cês figando pra me ver sucumbir
só porque eu botei minha cara cara a tapa em várias fita

mal sabe cês que fui eu quem fez minha chance existir
e eu existir pro cês já é o que mais irrita

será que o problema sou eu ou será
que eu sou a porra do problema?

olhe pra cena e verá
que eu nem faço questão de estar ou não na cena…

Colhendo frutos podres de uma árvore sem folhas
pra adubar o solo da minha plantação

o tempo me ensinou que a pressa odeia a perfeição
e que a paciência é a luz pra direção das tuas escolhas

sempre sorrindo, indo e vindo, porém nunca satisfeito
e enquanto dizerem que sou o pior, vou me sentir melhor…
pra mim é sinal de um trabalho bem feito